quinta-feira, 4 de junho de 2009

Estréias nos cinemas.


A partida [Okuribito, Japão, 2008], de Yojiro Takita (Paris). Gênero: drama. Elenco: Masahiro Motoki, Tsutomu Yamazaki, Ryoko Hirosue. Sinopse: Violoncelista volta a sua cidade natal com a esposa depois que a orquestra onde toca é dissolvida. Lá, começa a trabalhar como funcionário numa funerária. Duração: 130 min. * Oscar de melhor filme estrangeiro. Em cartaz no Cine Lumière.


O exterminador do futuro: A salvação [Terminator Salvation, EUA/Alemanha/Reino Unido, 2009], de McG (Sony). Gênero: ficção científica. Elenco: Christian Bale, Anton Yelchin, Sam Worthington. Sinopse: Depois que grande parte da humanidade é destruída por um holocausto nuclear promovido pela empresa Skynet, um grupo de sobreviventes liderados por John Connor vai lutar para impedir que as máquinas terminem o extermínio. Quarta parte da série Exterminador do futuro.


Home – Nosso planeta, nossa casa [Home, França, 2009], de Yann Arthus-Bertrand (Europa). Gênero: documentário. Sinopse: Um olhar sobre o planeta Terra hoje, depois de sofrer interferências humanas em seu equilíbrio. Lançamento mundial em 89 países. Duração: 98 min.


A mulher invisível [Brasil, 2009], de Cláudio Torres (Warner). Gênero: comédia. Elenco: Selton Mello, Luana Piovani, Vladimir Brichta. Sinopse: Homem de coração partido conhece uma mulher ideal com quem começa a se relacionar. Aos poucos, porém, ele passa a desconfiar que ela talvez não exista. Duração: 105 min.

8 Comentários

Túlio Moreira Rocha disse...

quero mto ver esse filme japonês, professor...

e tb a quarta parte do exterminador, apesar de achar que não precisava (é incrível como Hollywood está vivendo de ressuscitar franquias, visto a incapacidade dos roteiristas em criar novas séries...)

quanto a esse nacional, não me chamou a atenção... o cinema nacional está me dando uma preguiça ultimamente, depois de uma fase mto empolgante (uns quatro anos atrás)...

abraço!

Lisandro Nogueira disse...

Olá Túlio,

O filme "A partida" é muito recomendado: vamos ver!!

Não é a incapacidade dos roteiristas. A indústria do cinema está em crise. Os filmes estão caros, os cachês são altos e o DVD já não rende como antes.

As franquias são "dinheiro certo". Grande parte do público gosta...coisas da indústria e da formação...

Infelizmente, não estamos vendo todos os bons filmes brasileiros aqui em Goiânia. Mas "Linha de passe", "Casa de alice" e "Cleóprata" são bons filmes. Você não acha?

Túlio Moreira Rocha disse...

Sim, professor, esses filmes que o senhor citou são realmente interessantes!

me refiro a filmes do estilo desse do Cláudio Torres (como os filmes do Daniel Filho ou do Moacyr Góes ou do Jorge Fernando), são umas comédias ou dramas que me cansam, pq me parecem apenas reprodução do modelo norte-americano...

quando falo isso, não quero dizer que não gosto do cinema norte-americano (pelo contrário, é o que mais me fascina!), mas acho q o cinema brasileira, assim como a cinematografia de outros países da América Latina, tem uma marca mto própria, não precisa copiar o estilo de outros países...

(e isso tb não quer dizer que o cinema brasileiro tenha que falar apenas de favela...)

é uma questão complicada... mas os filmes do Bressane ou do Beto Brant são um ótimo exemplo de como o cinema brasileiro pode ser autêntico!!!

abraço!

Milordi (o mímico) disse...

Senhores e moças,

gosto do cinema brasileiro. mas eu concordo com Túlio e não suporto mais filmes sobre favela e pobres. É a classe média querendo fazer média e ganhar dinheiro com os desvalidos.

gosto de filmes "pra cima", brasileiros e americanos.

Polly disse...

Lisandro,

E Budapeste? Estreia qdo? No Rio e em Sampa ja ta passando, eu acho!

*O filme brasileiro (A deriva) que foi para Cannes-2009 é prova de que ninguem aguenta mais favelas e pobres nas telonas.

E Budapeste que não chega aqui, ai ai ai (em tom de intriga!Rs..)

Lisandro Nogueira disse...

Olá Polly,
"Budapeste" está previsto para a próxima semana - adiaram de novo.

O problema não são as favelas; o problema são determinados filmes "sobre as favelas".

Veja "Linha de Passe", se possível. Simples e sofisticado. Um grande filme brasileiro nos últimos anos.

mariana disse...

Lisandro, olá, e Alexandra? Já saiu de cartaz?
abraço
Mariana

Lisandro Nogueira disse...

Olá Mariana,
É uma pena! Hoje temos poucas salas para tantos lançamentos. "Alexandra" é um filme especial. Muito bom!!

Postar um comentário

Deixe seu comentário abaixo! Participe!

 

Blog do Lisandro © Agosto - 2009 | Por Lorena Gonçalves
Melhor visualizado em 1024 x 768 - Mozilla Firefox ou Google Chrome


^