sábado, 19 de março de 2011

Mostra de filmes de Jean-Luc Godard começa segunda-feira

  


Biscoito fino no cinema, Godard

 Lisandro Nogueira*


O Cine-UFG apresenta a mostra “Jean-Luc Godard” de 21 de março a 1º de abril, em homenagem ao cineasta francês que revolucionou o cinema e sua linguagem. Ele fez parte do movimento Nouvelle Vague (anos 50-60) ao lado de Claude Chabrol, Eric Rohmer, François Truffaut. Com eles, modernizou a linguagem cinematográfica ao privilegiar a metalinguagem, a narrativa não linear e o cinema de autor. Godard levou ao limite essa última característica. Seus filmes autorais privilegiam a arte-cinema em detrimento da indústria cultural cinematográfica.

Vamos exibir as obras mais importantes e significativas: desde as obras da fase da Nouvelle Vague, passando pelos filmes de forte apelo político dos anos 60-70 e culminado com a fase mais recente: o belo filme “Nossa música” (libelo político sobre guerra da Bósnia-Servia). São filmes criativos, irônicos e possuem uma visão bem particular do “ser no mundo” e relação com a arte e a vida. 

 Programação: 






12h
17h30
21.03
Je Vous Salue, Marie
Alphaville
22.03
O pequeno soldado
Carmen de Godard
23.03
O demônio das onze horas
Acossado (debate)
24.03
Banda à parte
A chinesa
25.03
Acossado
O desprezo
28.03
Week-end a francesa
Nossa música
29.03
Viver a vida
Acossado
30.03
Carmen de Godard
(debate)
31.03
A chinesa
Viver a vida







Debates:

Filme: “Acossado”
23 de março, quarta-feira – após a sessão das 17h30
Debatedores: Adele Lazarin, Carolina Soares e Fabricio Cordeiro (Cine-UFG, debates)
Mediação: Lisandro Nogueira

filme: "Viver a vida"
30 de março, quarta-feira, após sessão das das 17h30
Debaterdor: Rodrigo Cássio
Mediador: Agostinho Potenciano

3 Comentários

Lisandro Nogueira disse...

CineUFG: campus 2 da UFG. telefone: 3521 1267. Sessões 12 e 17h30.

João Angelo Fantini disse...

Gostaria de estar ai para ver estes filmes e encontrar velhos amigos!
muito bom!

Fabrício Cordeiro disse...

Meu amigo Rodrigo Cássio me perguntou por que prefiro Truffaut a Godard. "Acossado" é uma maravilha, obra-prima. Na minha opinião, Godard nunca fez nada melhor.

É preciso respeitar (e respeito) Godard e sua extrema importância (porque ele é importante) como pesquisador e questionador da linguagem cinematográfica, ainda que a maioria de seus filmes não me agrade (pois são coisas diferentes, ser importante e me conquistar - porque acredito que toda arte é, também, um processo de conquista; e acho que não apenas Truffaut como a Nouvelle Vague concordaria com isso).

Sim, prefiro Truffaut. Também prefiro Chabrol, Rohmer, Resnais e Rivette. O Godard vem depois. Estarei na sessão e debate de "Viver a Vida". Se pá lá eu explico melhor. [música de suspense hitchcockeano]

Postar um comentário

Deixe seu comentário abaixo! Participe!

 

Blog do Lisandro © Agosto - 2009 | Por Lorena Gonçalves
Melhor visualizado em 1024 x 768 - Mozilla Firefox ou Google Chrome


^